Parceria entre UNAMA e CREA-PA vai permitir a regularização de obras e plantas pela população de baixa renda

Acessos: 320

A UNAMA – Universidade da Amazônia e o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Pará (CREA-PA) firmaram parceria com objetivo de criar um Escritório Técnico de Arquitetura e Engenharia Social, buscando oferecer serviços à população e experiência de mercado para os alunos. A assinatura do convênio ocorreu na quarta-feira (26).

Betânia Fidalgo, reitora da UNAMA, disse que o escritório técnico é um projeto inédito e inovador. "Estamos construindo uma outra forma de acesso à engenharia civil. No escritório técnico de engenharia social as pessoas de baixa renda ou de baixa visibilidade social, que não têm acesso aos meios comuns da engenharia, vão poder regularizar suas obras, ter orientação e formalizar a sua planta e assim poder dar entrada no CREA para ter a sua ART (Anotação de Responsabilidade Técnica, documento comprobatório de registro da obra)”, disse Betânia.

mike_pereira_betania_fidalgo_e_renato_milhomem_2_1_0.jpg

Renato Milhomem, presidente do CREA-PA, destacou a importância da aproximação da comunidade com o projeto. “Essa iniciativa da UNAMA, uma instituição privada, mostra o comprometimento com a sociedade. O CREA-PA é parceiro da UNAMA e também vai abraçar esta causa e naquilo que for competência estaremos juntos fazendo esse trabalho social”, comentou Renato.

Mike Pereira, integrante do Núcleo de Responsabilidade Social da UNAMA, relata como será o funcionamento do escritório técnico. “Todo o projeto e obra de engenharia tem que ser registrado no conselho. Essa é uma forma de legalizar e dar uma segurança aquele determinado projeto. O convênio vai oferecer essa aproximação entre o CREA-PA, o curso de engenharia e os projetos sociais da unama”, finalizou.

Participaram da cerimônia de assinatura, também, a professora Rachel Abreu, do Núcleo de Responsabilidade Social da UNAMA, e Cinthia Canto, assessora jurídica do CREA-PA.

Por Bruna Braz (Portal Leia Já).