CREA-PA e ACP iniciam conversas por uma parceria. Quem ganha é o profissional

Acessos: 2033

Na última quarta-feira, 19 de junho, o Superintende da Associação Comercial do Pará (ACP), Lucio Cavalcanti, esteve na sede do CREA-PA Para uma reunião com o Presidente, Renato Milhomem, mediada pelo Gerente de Tecnologia da Informação, Ray Fran Pires. As partes buscam uma parceria.

- Convidamos o Superintendente Lucio para vir até o CREA-PA, para que a gente possa entender de qual forma o CREA-PA pode se aproximar da ACP, gerar parcerias para os nossos profissionais, uma vez que um dos nossos projetos agora é revitalizar esse acesso de profissionais a alguns serviços do mercado. A ACP está envolvida nisso. E também buscamos aproximar os profissionais do Conselho, afim que vejam de forma mais clara a nossa atuação em prol da engenharia – disse o Gerente de TI Ray Fran Pires.

WhatsApp Image 2019-06-21 at 09.59.54.jpeg

A ACP possui uma entidade interna chamada Universidade Corporativa, que promove palestras e treinamentos, trazendo profissionais de todo o Brasil. A intenção do CREA-PA é criar um Termo de Cooperação Técnica para que os profissionais possam ter acesso diferenciado a essas capacitações, participando dos eventos criados pela ACP.

- É de nosso interesse capacitar os nossos profissionais. É uma forma de termos uma engenharia mais forte no Estado. Assim também estaremos oferecendo conhecimento ao profissional que contribui frequentemente com o nosso Conselho – ressaltou o Presidente do CREA-PA, Renato Milhomem.

Outro interesse do Conselho é quanto à Pará Negócios, a maior feira de negócios do norte do Brasil. A ACP é organizadora, juntamente com o SEBRAE. O CREA-PA pretende participar da programação técnica criando algo específico para a área tecnológica abrangida pelo sistema Confea/CREA, através de cursos e minicursos. Além de buscar, mais uma vez, acesso diferenciado de seus profissionais ao evento.   

- O Lúcio retornou à ACP para conversar com o Presidente e ver o que é possível para que possamos assinar esse termo de cooperação. Estamos no aguardo – encerrou Ray Fran.